11 ações individuais para valorização do Analista Tributário

11 ações individuais para valorização do Analista Tributário

O Observatório do Analista lança sua "cartilha" com 11 ações para valorização do cargo de Analista Tributário.

A inspiração veio da cartilha lançada pelo Sindifisco para valorização dos Auditores Fiscais. Leia aqui.

Pratique!

1. Faça seu trabalho com qualidade e dedicação. O fruto não são números em um sistema de arrecadação. São escolas, hospitais, arte e sonhos.
 
2. Ande de cabeça sempre erguida. Seja altivo, sem ser arrogante. Vista-se com a simplicidade despojada e elegante de quem sabe o valor do seu trabalho para a construção de uma sociedade de iguais.
 
3. Não abrevie a cordialidade, as conversas com amigos, o conhecimento. Isso fará de você uma pessoa de valor. E não use maiúsculas em atos e documentos internos. Nem em e-mail e cartas para os amigos. É deselegante, pouco estético e antipático.
 
4. Pendure na lapela uma flor. Ou um colar de contas coloridas no pescoço. Ou uma pérola fake na orelha. Esses são tempos modernos, tempos de inovação colaborativa. Não são tempos de velhos símbolos de guerra.
 
5. Denuncie qualquer ato de injustiça, de desrespeito, de autoritarismo ou de violência. Física ou psicológica. Essa atitude tornará a Receita, órgão essencial do Estado brasileiro, uma instituição melhor e mais produtiva.
 
6. Tenha uma causa. E lute por ela. Salário digno, condições e ambiente de trabalho bons, ou outra que preferir. A boa luta nos engrandece, revigora o espírito. Mantém a espinha ereta, a mente alerta e o coração tranquilo.
 
7. Você trabalha num órgão onde não basta ser honesto, é preciso praticar a transparência e principalmente não compactuar com a desonestidade. Cultive a imensa coragem necessária para não ignorar mal feitos.
 
8. Seja fiel à instituição, lembre-se da valorosa missão da qual participa: exercer a administração tributária e aduaneira com justiça fiscal e respeito ao cidadão, em benefício da sociedade.
 
9. Deixe-se nortear pelo interesse público. Você é servidor do interesse público. Não se submeta a ordens que não sejam diretamente ligadas ao interesse público. Sim, é preciso repetir sempre para não esquecer essa premissa norteadora.
 
10. Auxilie, oriente, ajude e ensine todos que precisam de auxílio. Estude, reflita e aprenda sempre. Seja autoridade no saber e no fazer o seu trabalho. Faça tudo com respeito e exija respeito. 
 
11. Pendure um sorriso no rosto e ande por aí a passos leves, observando o fruto do seu trabalho, sabendo-se peça fundamental na edificação do sonho de deixar a sociedade melhor do que a recebemos.
 

Espalhe!

 

Analista Tributário - edificando sonhos

 

Imagem: formas geomátricas

 

 

Comentários (12)

Denise Gergull

22/06/2015
Seguirei, ou tentarei seguir, as onze ações recomendadas. Esse texto é mais um dos elementos que me fazem feliz por ocupar este cargo, os encargos inerentes a ele e os colegas que encontro.

Maurício

27/06/2015
Que bom se todos conseguissem obervar e seguir essas 11 ações...fariamos do órgão a excelência que desejamos estender a toda a sociedade. Uma sociedade despojada de preconceitos e muito mais igualitaria para todos. Parabéns a iniciativa.

Mari

27/06/2015
Muito obrigada Denise e Maurício!
Ainda que difícil de atingir, quem sabe...

Reginaldo Marcos

29/06/2015
Que lição! ! E que inveja boa dessa categoria e que Categoria!
.

Mariléia N. A. Faraco

01/07/2015
Quando a RFB promoveu a discussão para a minuta do nosso Código de Ética o item 7 foi sugerido o quê gerou uma discussão que parecia não ter fim. Quando se diz que "não basta ser honesto, é preciso parecer honesto", fica reforçada a ideia de que parecer é mais importante do que ser e isto pra mim vai continuar sendo inadimissível, mesmo estando aposentada desde o dia 09/06/15. Precisamos agir com rigor para que quem pareça ser honesto não venha sobrepor quem realmente o é.

Waldir Lopes

02/07/2015
Achei muito boa a iniciativa. Já procuro seguir esses conceitos, só salientando que achei muito estranha a ação nº 4, a qual não compactuo. Abraço.

Mari

02/07/2015
Obrigada Waldir!
Tem uma boa dose de ironia na ação 4. Ela ironiza a sugestão do uso do PIN na lapela, feita na cartilha do Sindifisco.
Um abraço.

Jorge Henrique Ferreira Cachoeira

06/07/2015
Mari, parabéns! Simplesmente sensacional! Parabéns pela iniciativa!

Anaximandro Orleans

06/07/2015
Bela iniciativa.
Faço uma ressalva no item 7: basta SER honesto!
Ética profissional exige uma LUTA DIÁRIA!
É a base de TUDO!
ORGULHO de lutar pela utopia da ética reinante!

Denise

06/07/2015
Belíssimo! Parabéns!

Mari

06/07/2015
Caríssimos! Muito obrigada.
Seguindo sugestão de alguns leitores, fizemos uma pequena alteração no item 7. Mantendo a essência, mas reforçando a ideia que quisemos passar.
Um abraço.

Nubia Araujoi

16/07/2015
Parabéns aos elaboradores das ações.
Sinto orgulho da nossa categoria!

Deixe-nos um comentário

Indique o código abaixo: